domingo, 2 de agosto de 2009

Degustação de cervejas


No mês passado participei do primeiro encontro de uma nova confraria de cerveja (ainda sem nome), em Bento Gonçalves. Claro, porque no meio dessa "gringaiada" na serra gaúcha ainda existem pessoas interessadas no fantástico mundo das cervejas de qualidade.

Quem conduziu os trabalhos foi a sommeliere e também enóloga, Patrícia Possamai. Aqui cabe um parêntese: apesar de enóloga, ela está familiarizada com o mundo da cerveja através da venda online de cervejas especiais em seu site www.vinhosweb.com.br. Além disso, as bases pra degustação de cervejas são semelhantes ao vinho, levando em conta os aspectos visuais, aromáticos e gustativos. E realmente a Patrícia conduziu os trabalhos daquela noite com maestria.

O lugar do primeiro encontro foi a bela casa da família Possamai, no interior de Bento. Pra jantar, o bom e tradicional coelho ao molho de nata da casa.

As cervejas degustadas, nessa ordem:

1) Warsteiner Premium Verum:


Originária da Alemanha, é uma cerveja de baixa fermentação e 4,8% de graduação. A espuma branca e brilhante foi sofrendo alteração durante a degustação. No nariz, apresentou aroma de pão, lúpulo e levedura. Tem alto teor de lúpulo, por isso tem gosto amargo saliente, que eu gostei. Harmonizou bem com um queijo de massa mole que comemos.

2) 1795 Dark Lager:


De origem tcheca, de baixa fermetação e com 4,5% de graduação alcoolica. De cor preta avermelhada, cristalina e com poros finos. Marcada por lúpulo e aromas frutados.

3) Erdinger Weissbier Dunkel:


De origem alemã e com 5,6%. É turva e de cor marrom escuro. Tem aromas secos e aromas de levedura não tão intensos. Na boca, um pouco picante e cheia.

4) Red 86 Special:


De origem holandesa, com graduação de 7,9%. Me agradou bastante. De cor avermelhada, frutada, com aroma de mel, caramelo ela é complexa e longa na boca. Pra apreciar devagar...

5) Schmitt Big Ale:


Cerveja brazuca, fabricada em Porto Alegre com graduação de 4,5%. Ela é "big" no tamanho, beleza da garrafa e no nariz: aromas de laranja, bem frutada, cítrica e complexa. Mas na boca ela é "small": magra e com baixa acidez, que deixa ela um pouco sem graça.

6) La Trappe Quadrupel:


De origem holandesa e com o alto teor de 10º. Teor esse que não ficou desarmônico, bem pelo contrário, a cerveja é muito equilibrada e na minha opinião foi a melhor da noite. De cor vermelha, essa cerveja, que é fermentada na própria garrafa, tem a espuma mais fina de todas degustadas. Os aromas são bem intensos e frutados, banana, lúpulo, cereais e aromas doces. Na boca ela é quente, cheia e com gosto de amêndoa amarga. Pela quantidade de alcool e doçura, ela harmonizou perfeitamente com uma tortinha de limão que foi servida. Ótimo casamento!

Veja também:

5 comentários:

  1. Very nice blog




    My name is Atzoletakis Agapitos .I am engineer of airplanes and I deal 40 years with the rc planes and I would want to present the models that I manufacture in Heraklion of Crete. I thank a lot.
    Vielen Dank Agapitos,

    I have a blogspot.

    http://aeromodelling-agapitos.blogspot

    ResponderExcluir
  2. Essa casa é aberta para visitação? Servem almoço ou jantar? Onde fica?

    ResponderExcluir
  3. Sim Fer, recebem pra visitas, já almocei lá algumas vezes. Fazem comida e servem os vinhos da casa, tel 3458 1309
    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Bluehost is definitely one of the best web-hosting provider for any hosting services you might require.

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...